sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Come a sopa vá lá

Este foi o hit de hoje na nossa escola.
O Luís chegou de manhã a chorar, dizendo que não queria comer na escola. Tentámos convencê-lo, mas não adiantou muito. No entanto a manhã foi avançando e ele foi esquecendo aquela "embirração".
Entretanto chegou a hora de pôr o vídeo a rodar. Qual não é o meu espanto, à terceira repetição (a pedido de várias famílias) vi o Luís com o dedito no ar. Quando lhe perguntei o que queria, respondeu: Professora, eu quero comer a sopa na escola.
Por isso aqui deixo a minha homenagem e o meu agradecimento ao avô cantigas que já na minha infância convencia crianças por esse país fora.



COME A SOPA, VÁ, LÁ

Quando a tua mãe põe a sopa à tua frente,
torces o nariz e ficas mandrião,
inventas sempre uma desculpa diferente,
para não comer a sopa pela tua própria mão…

Ou porque está fria ou porque está quente,
ou porque tens sono ou ficas doente,
ou porque tem massa ou porque tem grão
porque tem espinafres com puré de feijão.

Refrão
Come a sopa, vá lá,
come a sopa, vá lá,
faz-te bem e ajuda-te a crescer.
Come a sopa, vá lá,
com um garfo não dá,
tens de usar uma colher.
Come a sopa, vá lá,
come a sopa, vá lá,
faz-te bem e ajuda-te a crescer .
Come a sopa, vá lá,
com um garfo não dá,
tens de usar uma colher.

Quando a tua mãe diz que
a sopa te faz bem,
tu acredita nela,
pois ela tem razão.

Uma bela sopa,
com tudo o que lá tem,
um dia vais concordar,
dá uma boa refeição.

Sopa de cenoura,
batata ou lentilhas,
sopa de nabiça,
d'arroz ou ervilhas,
sopa de tomate,
de peixe ou de agrião,
toda a sopa é boa,
com sopinhas de pão.

Refrão...

2 comentários:

Maria da Luz Borges disse...

Acho que vou usar a tua canção para convencer o meu João!
Luz e amigos de Valejas

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

É mesmo gira... vou tentar usá-la com uns teimositos que lá tenho!